Seminário Juventude e Trabalho

Deputado Weverton participa de Seminário de Política Pública de Trabalho para o Jovem

Evento foi aberto nesta quinta-feira (20), no auditório do Ministério do Trabalho e Emprego, em Brasília, e ocorre até amanhã.

“É mais fácil tratar com um jovem de 70 do que com um velho de 20 anos”: parafraseando Neiva Moreira, o deputado Weverton iniciou sua fala no I Seminário Nacional de Políticas Públicas de Trabalho, Emprego e Renda para a Juventude. O evento foi aberto nesta quinta-feira (20), em Brasília, com o objetivo de promover o diálogo entre gestores das três esferas do governo, e discutir experiências positivas na área de profissionalização do jovem brasileiro.

_Seminário

O deputado Weverton reforçou a importância de políticas públicas para a juventude e ressaltou, ainda, que é com o oferecimento de oportunidades que se combate verdadeiramente a marginalização, discriminação, evasão escolar, o uso de drogas, e inúmeros outros fatores que culminam com a exclusão social. “Não podemos nos deixar pautar somente pela imprensa, e defender unicamente a bandeira da redução da maioridade penal como solução para os problemas da juventude”, declarou.

Além de troca de experiência, o deputado convidou os participantes para repactuarem planos, metas e resultados positivos para a juventude. À frente da Secretaria de Juventude, e posteriormente na Assessoria Especial do Ministério do Trabalho, Weverton capitaneou uma grande expansão dos projetos de inclusão ao jovem no estado do Maranhão. “È preciso expandir o Projovem Trabalhador e o Jovem Aprendiz, e reutilizar essas políticas que deram certo em outras cidades e regiões”, finalizou o parlamentar maranhense.

O evento ainda contou com as presenças do diretor de Políticas Públicas de Trabalho e Emprego para a Juventude (Allan Pombo), do secretario de Políticas Públicas de Emprego do MTE (Silvani Alves), da secretária Nacional de Juventude (Serine Macedo), do secretário Nacional de Economia Solidária (Paul Singer) e do ministro do Trabalho e Emprego (Manoel Dias).