Ministro do Trabalho em SLZ

252

O ministro Manoel Dias, do Trabalho e Emprego, e o deputado federal Weverton Rocha estiveram nesta sexta-feira (21), em São Luís, no lançamento do “Fórum Estadual de Aprendizagem Profissional e Inclusão de Jovens e Adolescentes no Mercado de Trabalho do Maranhão”. Os dois ainda participaram do 16º Encontro com Empresários maranhenses e da I Conferência de Pescadores e Trabalhadores do Maranhão.

Weverton Rocha conversando com jovens no lançamento do Fórum do Aprendiz

No lançamento do fórum, o ministro e o deputado falaram com centenas de estudantes que fazem parte do programa Aprendiz Legal, em São Luís. Conforme ressaltou Manoel Dias, o país cresceu e avançou bastante nos últimos anos, e gerou milhões de empregos, mas ainda é necessário se fazer muita coisa para inserir no mercado de trabalho milhares de brasileiros que ainda vivem à margem. Dias destacou que o Fórum surge como uma ferramenta que permitirá aos jovens um maior acesso à política de aprendizagem. “Hoje o estado do Maranhão tem potencial para incluir cerca de 16 mil jovens via aprendizagem, porém somente 2.640 conseguiram ser inseridos no mercado de trabalho. A instalação do Fórum vai permitir uma mobilização com empresários locais para que eles cumpram a cota da Lei da Aprendizagem”, disse.

Manoel Dias e Weverton Rocha com jovens do programa Aprendiz Legal

Para Weverton Rocha, a juventude de norte a sul do país só quer oportunidade para demonstrar que é capaz de trabalhar em prol do desenvolvimento. “O jovem quando tem oportunidade ele consegue fazer a sua parte. O índice de acesso de jovens maranhenses a esta lei ainda é muito baixo, e precisamos desta união entre o poder público e a iniciativa privada para que possamos oportunizar nossos jovens. Por meio da lei do aprendiz, o estudante pode aliar a teoria que aprende na sala de aula com a prática do mercado de trabalho”, frisou o deputado.

O Fórum Estadual da Aprendizagem Profissional visa debater sobre a inclusão de aprendizes no mercado de trabalho, desenvolvendo, apoiando e propondo ações de mobilização para que as empresas cumpram a Lei da aprendizagem em sua plenitude.

Durante a conversa, os jovens aplaudiram Weverton quando este falou que investir na educação é o principal caminho para se reduzir as diferenças sociais e a violência que o país enfrenta. “Se há 10 anos este país tivesse implantado em nossas escolas a educação em tempo integral, hoje não se discutiria redução de maioridade penal”, enfatizou.

Além do lançamento do Fórum, o ministro Manoel Dias e Weverton Rocha participaram do 16º Encontro com empresários maranhenses, onde discutiram, entre outras coisas, a desburocratização e a modernização da unidade de Trabalho e Emprego como uma das formas para a geração de empregos no país. Os dois marcaram presença, ainda, na I Conferência de Pescadores e Trabalhadores do Maranhão, evento promovido pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) e a Federação das Colônias dos Pescadores do Estado do Maranhão.