_dsc6316

Após a passagem de um dos anos mais intensos para o Legislativo na história recente, a pauta de 2017 não deve ficar para trás quando o assunto são os grandes temas nacionais que vão passar pela Câmara dos Deputados. Para este ano são aguardadas as reformas da Previdência, Tributária, Política e Trabalhista. Além disso, também devem constar da pauta discussões sobre projetos que tratam da segurança pública, dívidas dos Estados e, ainda, a possibilidade de venda de terras para estrangeiros.

O Expressão Nacional tem assuntos da maior relevância para a primeira edição do ano, que terá a presença de quatro lideranças parlamentares: o líder do governo, deputado André Moura (PSC-SE); o vice-líder da minoria, Paulo Teixeira (PT-SP); o líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (DEM-AM); e o líder do PDT, deputado Weverton Rocha (PDT-MA).

O parlamentar maranhense destacou a importância de haver mais responsabilidade e uma discussão ampla com a sociedade para a construção da melhor forma para se realiza as Reformas. ” Na Previdência não podemos ter apenas uma visão fiscal, um formato pronto. Não podemos aceitar formatos prontos. Um trabalhador rural do MA não pode ser tratado igual ao da cidade do Sul”,destacou Weverton.

Já na reforma trabalhista Weverton defende o estímulo para que os jovens concluiam seus estudos e se profissionalizem. Mas não resolveremos a crise com mágica, e chama para uma reflexão para os reais motivos dos “patrocinadores” da Reforma. “Cadê o Pato Amarelo da Fiesp? São pautas duras que vão sobrar para o pequeno, para o trabalhador brasileiro pagar. O Brasil possui  legislação trabalhista avançada em termos mundiais. Pode ser melhorada, mas sem perda de direitos do trabalhador”, destacou o líder pedetista.