O senador Weverton (PDT-MA) é um senadores mais influentes nas redes sociais. Dos 81 parlamentares do Senado Federal, ele ocupa a 12ª posição. Entre os senadores maranhenses, Weverton ocupa o 1º lugar. As informações foram divulgadas pela pesquisa da FSB Influência Congresso. O indicador mede o alcance e a influência de deputados e senadores nas redes sociais.

“O ambiente virtual é muito importante porque conseguimos divulgar o nosso trabalho e também interagir com os seguidores. É um canal fundamental de comunicação do político com o eleitor”, declarou Weverton.

Dos 594 parlamentares federais, apenas três deputados não postaram qualquer conteúdo nas redes sociais entre janeiro e junho deste ano. Por isso, o ranking inclui 510 deputados e 81 senadores.

Cabeças do Congresso

Na última semana, Weverton também foi apontado pelo Diap como um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, na publicação “Os Cabeças do Congresso”. É o sexto ano consecutivo em que ele figura nessa lista.

Weverton é considerado um senador articulador. Segundo o Diap, parlamentares articuladores são aqueles com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso.

DIAP

O DIAP é o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, fundado em 19 de dezembro de 1983, para atuar junto aos Poderes da República, em especial no Congresso Nacional, com vistas à institucionalização e transformação em normas legais das reivindicações predominantes, majoritárias e consensuais do movimento sindical.

Metodologia

O FSB Influência Congresso monitorou as publicações dos deputados federais e senadores de 1º de janeiro a 30 de junho. O monitoramento é 24×7, capturando e analisando o grau de engajamento de todas as publicações feitas pelos parlamentares no Facebook (apenas páginas públicas), no Instagram (apenas contas business) e no Twitter.

Para calcular a nota de cada parlamentar e construir o ranking, são levados em consideração o número de seguidores, a quantidade de publicações, o alcance das publicações e o engajamento (curtidas, comentários e compartilhamentos) em cada rede social. São aplicados pesos diferentes a cada item, assim como para cada uma das três redes sociais analisadas.

FSB Influência Congresso

O Instituto FSB Pesquisa desenvolveu o FSB Influência Congresso para avaliar o desempenho do Novo Congresso nas redes sociais. Além do Facebook e Twitter, o índice passa a levar em consideração a atuação e a performance dos deputados e senadores no Instagram, rede social que mais cresceu nos últimos anos no Brasil.