O senador Weverton (PDT-MA) e o presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, farão uma visita técnica a Imperatriz nesta sexta-feira (26) para avaliar pessoalmente o terreno onde será implantada uma unidade de prevenção de câncer do Hospital de Amor, que atenderá o público feminino dos municípios da regional de saúde de Imperatriz.

A implantação do Hospital de Amor do Sul do Maranhão foi acertada pelo senador com a diretoria da entidade e tem o apoio da prefeitura de Imperatriz, que doará o terreno. Os recursos para a construção da unidade já estão garantidos.

“Definimos a implantação em Imperatriz porque é a maior cidade ao sul do Maranhão e garantirá atendimento a toda a região. Em São Luís, já temos o Aldenora Belo que atende com excelência o estado todo e conta com todo o nosso apoio”, explicou Weverton.

Em 19 de junho, o senador esteve em Barretos (SP), onde conheceu as instalações do principal hospital de tratamento do câncer da instituição e viu de perto o trabalho de prevenção que será levado a Imperatriz.

Sobre o Hospital de Amor:

Excelência em oncologia, o Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos) fechou o ano de 2020 com 1.047.440 atendimentos realizados a 224.883 pacientes de 2.335 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura.

Foram realizadas 24.351 internações, 252.544 quimioterapias, 9.500 refeições servidas por dia, 100% de forma gratuita. O déficit operacional é de R$ 29,5 milhões/mês de acordo com o balanço oficial de 2020.A entidade reúne 380 médicos e 5.300 funcionários, em todas as suas unidades espalhadas pelo Brasil.

Em 2020, o hospital assumiu a liderança do ranking da Scimago Institutions Rankings (SIR), entre todos os centros de saúde da América Latina, e ocupou o segundo lugar entre as instituições que realizam pesquisas na área da saúde. O levantamento é uma ferramenta de reconhecimento internacional, que avalia a qualidade de instituições (públicas ou privadas) em todo o mundo, considerando os critérios: pesquisa, inovação e impacto social.

A instituição é historicamente reconhecida. Foi escolhida, em 2000, pelo Ministério da Saúde, como o melhor hospital público do país. Desde 2011 é considerada “instituição irmã” do MD Anderson Cancer Center, o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo. O Hospital de Amor tornou-se “instituição gêmea”do Saint JudeChildren’s Research Hospital em 2012. A última conquista ligada ao St. Jude aconteceu em 2019, quando Barretos foi escolhida como a instituição brasileira para expandir o programa de aliança global do hospital americano, que capacita médicos, enfermeiros e outros profissionais da equipe multidisciplinar, tanto do Brasil quanto da América Latina. Dar as mesmas chances de cura de todas as crianças do mundo é o objetivo deste programa global.

Unidades HA pelo país:

Em funcionamento:

Hospitais (tratamento de câncer): Barretos (SP), Jales (SP), Porto Velho (RO).

Institutos de Prevenção: Barretos (SP), Fernandópolis (SP), Campinas (SP), Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Dourados (SP), Macapá (AP), Rio Branco (AC), Lagarto (SE), Juazeiro (BA), Irecê (BA), Guanambi (BA), Jequié (BA), Teixeira de Freitas (BA) e Salvador (BA).

Institutos de Reabilitação: Barretos (SP) e Araguaína (TO).

Projetos em andamento:

Hospitais: Palmas (TO) e Lagarto (SE)

Instituto de Reabilitação: Ji-Paraná (RO)

Institutos de Prevenção: Sinop (MT), Manaus (AM), Cruzeiro do Sul (AC), Arapiraca (AL), Palmas (TO), Araguaína (TO), Imperatriz (MA) e Boa Vista (RR).