Foto: Magno Romero

O senador Weverton (PDT-MA) destinou R$ 500 mil em emenda parlamentar para a Banda Juvenil da Guarda Municipal de São Luís em Coroadinho. O recurso será utilizado para a compra de novos instrumentos e expansão do projeto para os bairros Vila Palmeira, Vila Conceição Alto do Calhau e Primavera do Coroadinho.

“Para muitos desses jovens estar neste projeto representa a chance de mudar um destino. Eles podem descobrir novos rumos, onde a música tem um papel fundamental”, ressaltou o parlamentar.

O projeto atende 40 crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos, residentes em Coroadinho. Foi criado em 2013 e já atendeu 90 crianças. É desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Segurança com Cidadania (Semusc), além de contar com a parceria da 2ª Vara de Execuções Penais e da Associação Comunitária do Bairro.

“O projeto já vai completar 6 anos. Auxilia crianças e adolescentes dando um direcionamento a eles. É algo que veio para somar, para tirar esses jovens de uma situação de rua e vulnerabilidade”, enfatiza Franklin Melo, coordenador.

Foto: Magno Romero

O objetivo é usar a música como instrumento de transformação. O som do saxofone, clarinete, flauta, trombone, trompete, percussão e bateria tem mudado a vida de muitos jovens. Ester de 15 anos está há 6 anos na Banda Juvenil.

“Minha vida se modificou. Além de abrir novas portas, me tornou uma pessoa mais responsável. Eu tenho uma personalidade forte, mas quando eu toco, me acalmo e consigo passar meus sentimentos. A música desperta o meu melhor lado”, afirma Ester.

Para fazer parte da Banda Juvenil, é preciso passar por uma seleção por meio de um teste vocacional. Além de ter um bom desempenho na escola, os pais também precisam se comprometer em acompanhar os alunos.
“Este projeto é muito importante. Sem ele, eu estaria na rua, sem perspectivas. Quando eu sair já tenho uma profissão: músico”, explica Thiago de 12 anos.

Foi pensando nestes jovens e na transformação que a música trouxe para a vida deles que o senador Weverton decidiu destinar mais de R$ 500 mil em emendas. Com o valor, o projeto irá atender mais 120 crianças.