Weverton Rocha recebe título de cidadão luizrochense

Foto: Biaman Prado

O deputado federal Weverton recebeu o título de cidadão do município de Governador Luiz Rocha. “Agradeço à Câmara Municipal de Governador Luiz Rocha, ao prefeito Riba e a todas as lideranças da cidade, que de fato, de forma muito honrosa nos concedem este título de filho do município de Governador Luiz Rocha”, disse Weverton. Ele foi agraciado com o título pelos serviços prestados ao município, pela atuação que tem tido em Brasília na luta em defesa dos trabalhadores, do aposentado, e pela coragem de ir às ruas prestar contas do seu mandato.

Weverton disse que, como líder do PDT na Câmara do Deputados por dois anos e agora como líder de oposição ao Governo Temer em Brasília, sempre teve a coragem de escolher um lado, que é o lado do trabalhador e de quem mais precisa. “Tudo o que a gente fez pelo município agora repactua, mais do que nunca, para a gente lutar ainda mais e ajudar a cidade e o nosso estado, trazendo mais benefícios e mais programas”, pontuou o parlamentar.

Casas populares

A iniciativa de conceder o título ao deputado pedetista foi do vereador Rubão (PDT), que justificou sua indicação pela parceria que Weverton tem demonstrado com o município, possibilitando, entre outras conquistas, a entrega de 48 casas populares no povoado Caracol, além da construção de 50 unidades na localidade de Morro Alto e outras 80 na área urbana da cidade.

“Tenho certeza que Weverton vai fazer muito mais pela população de Governador Luiz Rocha e do Maranhão”, afirmou o vereador.

Bastante emocionada, a vereadora Geraldina (PV), que nasceu no povoado de Caracol, disse que muitos dos seus familiares foram beneficiados com unidades habitacionais, frutos desta parceria. “Ficamos felizes e agradecidos ao deputado Weverton por esta benção de ter conduzido estas casas ao nosso município”, disse a vereadora.

Foto: Biaman Prado

O sentimento é compartilhado pelo morador local Magão, que ressaltou a alegria dele e de outras pessoas do povoado que foram beneficiadas com uma destas casas. “A gente foi na casa de uma senhora chamada Maria, que tinha acabado de chegar e tinha passado o dia sentada no chão, quebrando coco e, estava deitada na sua rede, com o ventilador ligado, satisfeita com aquele descanso”, exemplificou o morador, lembrado que a referida mulher antes morava em uma casa de taipa.