Weverton Rocha é um dos parlamentares maranhenses mais influentes nas redes, diz pesquisa

medialogue-wr-entre-os-mais-influentes

Levantamento realizado pela agência digital de pesquisa em mídia, Medialogue, apontou que apenas 18% do deputados federais e senadores costumam responder os usuários nas redes sociais, mesmo que 48 milhões de brasileiros, nos últimos três anos, passaram a seguir os políticos no Facebook.

O número de parlamentares ainda é pequeno em relação a abrangência que a internet traz atualmente nas discussões políticas, e a influência perante a sociedade. A conclusão mais óbvia é que a maioria se mantém atrasado em relação a comunicação, ou, após eleito, evitam contato direto com o público por medo das críticas.

A análise mediu a interação com os eleitores, a audiência dos perfis e a diversidade de redes utilizadas, e gerou uma nota de 0 a 10 para avaliar a influência de cada um deles na internet.

A lista é liderada por Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e seu pai, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Marco Feliciano (PSC-SP). Todos somaram a nota 8. Entre os maranhenses, o senador Roberto Rocha (PSB) e os deputados federais Rubens Júnior (PCdoB), e Weverton Rocha (PDT) são os parlamentares mais influentes na internet, ficaram com nota 6.

No Maranhão, Estado onde as pessoas menos utilizam a internet no país, o deputado federal Zé Reinaldo (PSB) ficou entre os 10 menos influentes, com nota zero, ou seja, não tem qualquer participação nas redes sociais.

Neste ano, com a minirreforma eleitoral, o papel das redes sociais aumentou ainda mais, porque é o local onde os formadores de opinião debatem os temas relacionados ao poder público. Por isso, saber interagir é fundamental, e as eleições aqui em São Luís tem sido a prova do quanto é importante saber trabalhar essas ferramentas digitais.