Weverton defende uma “intervenção educacional” no país

O deputado federal Weverton (PDT) defendeu, nesta quarta-feira (14) a educação como uma das mais importantes intervenções que precisam ser feitas no país. A declaração foi feita no Palácio dos Leões, em São Luis, durante assinatura de um termo de cooperação técnica entre o Governo do Estado e 13 municípios maranhenses onde funcionarão os novos polos do Programa Ensinar, que visa formar profissionais para o exercício da docência na educação básica, a partir de conhecimentos específicos, interdisciplinares e pedagógicos.

Weverton lembrou que é isso que o governador Flávio Dino vem fazendo, quando busca capacitar professores e preparar os alunos, dando-lhes acesso a programas importantes e instalações escolares dignas. “Um programa importante da atual administração é o Escola Digna, um programa que visa promover ações voltadas para a qualificação e formação dos professores, garantindo que profissionais da educação, estudantes e comunidade participem do processo educativo, mantendo-os, assim, motivados para construírem o futuro das nossas crianças”, observou o parlamentar.

Idealizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), instituição que tem tradição na formação de professores, o Programa ‘Ensinar’ tem como público-alvo professores das redes de ensino que não tenham a formação em nível superior, além dos egressos do ensino médio da comunidade em geral. Os municípios contemplados nesta etapa foram Arari, Anajatuba, Icatu, Loreto, Pedreiras, Pinheiro, Paraibano, Pirapemas, Presidente José Sarney, Santa Luzia do Paruá, Santa Luzia, Santa Rita, Turuaçu, Viana, Vitória do Mearim e Zé Doca. Em 2017, 12 municípios foram contemplados com as licenciaturas oferecidas pelo programa da Universidade.