O PDT se posiciona sobre as Grandes Reformas

274

whatsapp-image-2017-02-20-at-19-40-30

O líder da bancada pedetista, deputado Weverton, destacou no Plenário da Câmara dos Deputados o posicionamento contrário do partido em relação as Comissões que tratarão das Reformas Trabalhista, Política e Previdência propostas pelo atual governo, ressaltando que há mais necessidade de diálogo entre os parlamentares e a população.  São eles: Afonso Motta (RS) e Leônidas Cristino (CE) na Reforma Política, Sergio Vidigal (ES) e Hissa Abrahão (AM) na Reforma Trabalhista e Assis do Couto (PR) e André Figueiredo (CE) na Reforma da Previdência.

Além disso, o parlamentar denunciou que o atual governo comete um estelionato eleitoral por corromper o Programa de Governo registrado no TSE. “Quando o atual governo foi eleito na chapa Dilma / Temer, não havia nas propostas de governo a retirada de direitos dos trabalhadores e dos aposentados. Essas reformas ferem de morte a autonomia de diversos municípios que tem como principal capital de giro: o Fundo de Participação dos Municípios, o Bolsa Família e ainda as aposentadorias”, acrescentou Weverton.

O deputado ressaltou que toda a bancada do PDT estará na linha de frente contra os retrocessos propostos e em defesa dos direitos dos trabalhadores, com um olhar especial do trabalhador rural, dos agentes de segurança pública, profissionais de educação e das mulheres.