A Câmara dos Deputados realizou, nesta quarta-feira (30/11), a sessão solene de entrega da Medalha do Mérito Legislativo 2016. Criada em 1983, a Medalha é concedida anualmente a autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao Brasil.

alx_8866

Entre os agraciados deste ano, está o secretário-geral do PDT, Manoel Dias. Iniciou a vida pública na década de 1960, como líder estudantil. Ex-ministro do Trabalho, de 2013 a 2015, Dias é presidente da Fundação Leonel Brizola/Alberto Pasqualini, e presidente da legenda em Santa Catarina. Advogado, Manoel Dias foi eleito vereador de Içara, em 1962, pelo PTB,  e teve o mandato cassado após o Golpe Militar de 1964. Foi um dos fundadores em 1965 do MDB em Santa Catarina. No começo da década de 1980,  com Leonel Brizola e outros trabalhista ajudou a fundar o PDT.

O deputado Weverton Rocha (MA), líder do PDT na Câmara, explicou que Manoel Dias foi indicado pelo PDT por ser um exemplo para as gerações mais novas: “A outorga da medalha Mérito Legislativo serve como manifestação de reconhecimento e de gratidão pelos serviços prestados ao povo que nós representamos. Serve também como inspiração, para que mais brasileiros, seguindo o exemplo dos homenageados de hoje, busquem realizar ações que orgulhem a Nação. Por isso indicamos Manoel, Dias, por ser um desses exemplos de defesa da democracia e de justiça.”

alx_8904