Esporte é inclusão!

Dep Weverton Rocha (2)

Que a realização da Copa do Mundo e Olimpíadas são de extrema importância para o desenvolvimento econômico do país, não há como negar. Mas, mais do que movimentar a economia e garantir a realização de obras, precisamos garantir que os jogos deixem um legado social e que o clima de Copa do Mundo seja um fator a mais para consolidar em nossas políticas públicas o esporte como instrumento de inclusão social. E temos trabalhado nesse sentido ao conseguir recursos para a construção de dois Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) no nosso Maranhão.

Sabemos como é importante investir na nossa juventude. E o esporte hoje é fator positivo no crescimento de crianças e jovens, além de estimular a sociabilidade, disciplina, solidariedade e saúde. Precisamos trazer para dentro das escolas e para dentro das comunidades espaços públicos para o desenvolvimento do esporte. Além de trabalharmos todos esses fatores, teremos mais um aliado contra a droga e violência, já que infelizmente estão cada dia mais aliciando nossas crianças para o tráfico. E sabemos que muitas estruturas existentes estão em situação precária, ainda da década de 70, com equipamentos quebrados e enferrujados.

Dentro das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), fizemos um esforço conjunto para trazer a São Luís, por meio do Ministério do Esporte, essas duas estruturas esportivas que atenderão as comunidades de Angelim e Itaqui Bacanga, áreas de alta vulnerabilidade social. O projeto possibilitará a prática olímpica de esportes como atletismo, esgrima, ginástica rítmica, levantamento de peso, taekwondo, vôlei, basquete, boxe, handebol e muitas outras modalidades, além das paraolímpicas como esgrima de cadeira de rodas, tênis de mesa, goalball e futsal. Mais de 250 municípios foram selecionados para a construção dos centros em todo o país em um investimento de R$ 967 milhões da União. São recursos que poderão, além de incentivar a prática esportiva, descobrir e formar novos talentos, mais um estímulo ao desenvolvimento da base do esporte de alto rendimento.

Além do apoio do Governo Federal, a articulação do presidente da Embratur, Flávio Dino, do prefeito de São Luís, Edivaldo Junior, e toda a sua equipe, foram essenciais para tornarmos esses projetos realidade. E temos batalhado aqui na Câmara dos Deputados, e também dentro do Executivo Federal, para trazer mais desenvolvimento e qualidade de vida para o nosso Estado. Esse é o caminho para construirmos um novo Maranhão! Juntos somos fortes!

*Weverton Rocha é deputado federal pelo PDT/MA