Educação e Inclusão

196

Em audiência da Comissão Especial que analisa a proposta de redução da maioridade penal, realizada nesta quarta-feira, 13, o deputado Weverton Rocha defendeu investimentos em educação e inclusão social como alternativa à redução da maioridade. Participaram da audiência o Juiz de Direito da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de São José do Rio Preto (SP), Evandro Palarain, e a Defensora Pública do estado do Rio de Janeiro e membro da Comissão Especial da Infância e Juventude da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), Elisa Costa Cruz.

Redução Maioridade_Audiência Pública_Eliza e Juiz

Na oportunidade, Weverton ressaltou a ineficiência do sistema prisional brasileiro e, também, a necessidade da atualização do artigo 121 do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). “É um absurdo discutirmos apenas os efeitos e não a causa. Se achamos caro manter um jovem na cadeia, é por que o barato nós não fizemos. O verdadeiro crime será colocar jovens em verdadeiras universidades do crime”, disse o deputado.

O parlamentar maranhense ressaltou, ainda, que o problema pode estar na intolerância ao contraditório, onde integrantes se utilizam de discursos vazios, apoiados pelo medo do inconsciente popular. “É preciso discutir a causa, e nos mobilizarmos para criar políticas de inclusão, com escolas de qualidade na periferia”, afirmou o pedetista.

Assista, na íntegra, o pronunciamento do deputado Weverton Rocha: