Deputado Weverton Rocha apresenta voto em separado na Comissão do impeachment

Em sessão da Comissão Especial do Impeachment, realizada nessa sexta-feira, 8, o líder do PDT na Câmara, deputado Weverton Rocha, apresentou voto em separado ao parecer do relator do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff, deputado Jovair Arantes (PTB-GO).

IMG-20160408-WA0080

Em sua fala, o deputado Weverton afirmou que o parecer de Arantes, que autoriza o início do processo de crime de responsabilidade, não tem base legal e pode resultar em verdadeira ruptura da ordem jurídica, democraticamente, estabelecida. “Embasada em denúncias sem nenhum amparo constitucional, esse parecer qualificará o indisfarçável golpe de estado. Será imperdoável tal ruptura constitucional após anos de luta por um Estado Democrático de Direito”, asseverou o pedetista.

Por fim, o parlamentar maranhense pediu mais critério no intenso debate sobre o impeachment, destacando que há insuficiência jurídica na denúncia. “Nesse momento difícil temos que discutir sobre a admissibilidade do impeachment. Quanto a discussão política, teremos tempo no plenário “, concluiu.