DENÚNCIA / VOO 3181 / Praticamente 12 horas dentro de uma aeronave.

632

O voo 3181 da TAM, que iria de São Luís Maranhão à Brasília sem escalas, nem conexões foi mais um exemplo da preocupação que temos que ter diante dos grandes eventos que acontecem esse mês (Copa das Confederações) e no ano que vem em nosso país (Copa do Mundo).

Primeiro equívoco o voo (que deveria ser direto) por motivos meteorológicos foi antecipado para seu segundo destino no aeroporto de Guarulhos, e não para aeroportos mais próximos como Palmas e Goiânia até que o tempo esteja propício para pouso. Já nesse momento percebi o erro ou má-índole da empresa, quando o agente de aeroporto líder, Christopher comete o segundo equívoco, e desvia o avião uma vez mais.

Desta vez o destino é o  Aeroporto de Viracopos em Campinas, onde passageiros de Macapá com destino a Brasília nos aguardavam, onde o terceiro e o mais grave de todos os equívocos acontecem. Cerca de 30 passageiros a mais foram colocados no avião já lotado, em uma completa demonstração de despreparo das equipes envolvidas.

Depois de muitas reclamações, bate-boca e total apatia da tripulação da aeronave, o gerente do aeroporto de Viracopos foi a bordo para que os passageiros em excesso retornassem aos ônibus, bagagens fossem retiradas, trocas de cadeiras aceitas, e ainda ofereceram a compensação para quem deixasse o voo de R$ 200 em crédito para um próxima viagem. Os já embarcados tiveram que aguardar horas para seguir viagem.

Meu papel como deputado federal, integrante da Subcomissão de Aviação Civil e principalmente como brasileiro, é não deixar que abusos e injustiças como essas voltem a acontecer, levarei essas denúncias à ANAC. Questionaremos além dos erros estratégicos na operacionalização e troca de voo, o desvio do aeroporto de Brasília que mesmo sob forte neblina funciona via aparelho e ainda a situação vexatória que a TAM infligiu aos passageiros embarcados em Viracopos.

Após 12 horas a ANAC respondeu o primeiro contato feito, mas sem efetivamente nos comunicar qualquer medida tomada contra a empresa. Via twitter a TAM gerou um protocolo para que acompanhemos o atendimento. Vamos ver.

Juntos somos fortes

*Weverton Rocha deputado federal pelo PDT-MA